terça-feira, fevereiro 14, 2006

Notícias

Depois de um prolongadíssimo período de ausência volto à blogosfera, contente por ter acabado mais um período de exames (ou quase, visto que ainda faltam duas orais).
O bom de estar-mos num curso de Relações Internacionais (ou Ciência Política) é que mesmo num período como o dos exames, onde somos impedidos de prestar tanta atenção à realidade que nos rodeia, não podemos deixar de estar minimamente informados sobre esta realidade, sob pena de perder-mos valiosas informações de um dia para o outro.
Nestas condições tenho tentado manter-me informado sobre os três grandes acontecimentos dos últimos tempos na política internacional: o "caso iraniano", a vitória do Hamas e a questão dos cartoons. Qual é o elemento comum (e óbvio) aos três dossiers? O Islão, que parece cada vez mais determinado em absorver todas as atenções no mundo, para grande desgraça de outras regiões do mundo em iguais ou muito piores condições como África, América Latina ou, ainda mais próximo, os Balcãs. Como exemplo sintomático deste fenómeno relembre-mos a Cimeira do G8 de Gleneagles, na Escócia em Julho do ano passado, cujo objectivo era tornar o Continente Africano o "centro das atenções" e que agora é mais prontamente recordada por coincidir com (e possivelemente inspirar) os ataques de Londres.
Já chegamos ao ponto de ontem, numa conferência para o diálogo inter-cultural, o chefe da diplomacia da UE Javier Solana pedir desculpas ao mundo islâmico sem nenhuma razão directa para o fazer. Diálogo e respeito entre culturas sim, renegar a nossa liberdade e modo de vida não!

1 comentário:

nanda lopez disse...

ola, adorei seu blog. Eu tb sou estudante de RI e sei quanto esses assuntos são relevantes e fazem parte do meu cotidiano pena q nem todo mundo se da conta disso.
parabens....