sábado, dezembro 08, 2007

A Desunião faz a Força...


Após algum tempo a ter o privilégio de colocar artigos de minha autoria no blog do C.E.P.R.I não pude de deixar de notar a disponibilidade com que a maioria das pessoas comenta os artigos de opinião. A vivacidade com que nos debatemos neste espaço sem ter de atacar alguém para não vermos os nossos artigos à míngua e ficarmos a pensar que mais não passou de um exercício para saudar o ego.

Se Portugal é hoje uma democracia é por ter uma sociedade crítica, que não faz crítica pela crítica mas pela construção. Uma tal sociedade civil onde os compromissos são respeitados, onde as pessoas querem ver assegurados os seus direitos e sabem cumprir os seus deveres.

A todos vós um bem-haja. Vamos continuar a trabalhar com este vigor com esta disponibilidade com esta garra! Nem eu poderia imaginar que neste mundo houvessem almas com tanta vontade de se agarrar assim à vida. Uma vez mais um grande obrigado. Tudo isto me leva a crer que este blog é mais do que um local onde os contributors mais do que querem deixar a sua marca anseiam pela excelência dos comentários. É por isso que Fernando Pessoa acreditou num V Império, por saber bem a qualidade do que se faz por cá.

6 comentários:

Ricardo disse...

É isso mesmo vamos lá dinamizar este espaço para que se possa continuar este bom trabalho feito pelos nossos colegas do CEPRI. parabens a todos que participam neste blog. saudações academicas :P

Rui M. F. Saraiva disse...

Olá Duarte!

Em primeiro lugar quero agradecer a tua contribuição académica e disponibilidade para participar neste blog. No entanto não partilho do teu pessimismo e se calhar alguma precepitação ao escrever este post.

De facto, na lista de contributors encontram-se 12 nomes. Desta lista só 4 ou 5 pessoas mantém este blog activo ao nível de colocação de posts.

No entanto vou te dar algumas estatisticas:

Num período de 20 dias o blog do cepri teve 436 visitas.

Temos em média 20 pessoas que visitam o nosso blog todos os dias.

109 visitas por semana.

Vou te colocar a lista de países que já visitaram o nosso blog:

Portugal 280 64.07%

Brazil 108 24.71%

France 12 2.75%

United Kingdom 6 1.37%

United States 3 0.69%

Spain 3 0.69%

Belgium 3 0.69%
Germany 2 0.46%
Netherlands 2 0.46%

Canada 2 0.46%

Mozambique 2 0.46%

Satellite Provider 2 0.46%

Serbia 1 0.23%

Luxembourg 1 0.23%
Latvia 1 0.23%

Switzerland 1 0.23%

Macao 1 0.23%

Mexico 1 0.23%

Bolivia 1 0.23%

Italy 1 0.23%

Angola 1 0.23%

Ireland 1 0.23%

Slovakia 1 0.23%

Philippines 1 0.23%


Ou seja o número de leitores é diversificado e elevado. Parece que no meio de todas as dificuldades e falta de tempo que é proporcionada pelo modo de vida da sociedade actual, existe alguém que abdicou do seu tempo para dar atenção ao nosso blog.

No entanto também quero pedir para que todos os contributors possam ser mais participativos.

Abraço!

Duarte Serrano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Duarte Serrano disse...

Caro Rui

Eu conheço as estatísticas como bem se lembra já tivemos oportunidade de falar sobre esse assunto. Porém convém não esquecer que muitas das pessoas aqui entram chegam através de palavras-chave e também não sabemos se lêem ou não… Sabe-se que entraram no blog.

Depois não concordo com a ideia do pessimismo porque:

1. O texto não visa os leitores do blog mas quem se responsabilizou e assumiu um compromisso que não cumpre.
2. É também uma crítica à forma medíocre como os portugueses se comportam, querem sempre mais, querem muitas regalias mas não querem responsabilidade;
3. Quem assumiu para com a Instituição um dever deve honra-lo.

Não quero ir mais longe porque tudo isto são questões internas. Este foi somente o melhor canal para mostrar o meu descontentamento pela falta de empenho. Se muitas pessoas aqui vêem ler o que escrevemos então isso é motivo para nos sacrificarmos ainda mais pelo blog e pela qualidade deste. Não vou usar isso como capa, temos de manter a qualidade e melhora-la ainda mais. Isso não pode ser feito com alguns mas todos, todos os que têm o nome aqui escrito

O texto refere bem que não são os leitores mas quem escreve que está a falhar no seu compromisso. Se foi prematuro não sei… Desde já as minhas sinceras desculpas se o foi. Não se esqueça que este exemplo é um dos vectores para a mediocridade de Portugal que achei por bem usar, tinha pois dois visados, os que escrevem, ou não, e os portugueses em geral. Este assunto já foi por mim colocado dentro do foro institucional, mas teima a não se conseguir corrigir e é um mal que vem de longa data. Eu propus-me a traçar objectivos de qualidade para o CEPRI e para o blog e tenho falhado na motivação dos Contributors para se dedicarem a esta actividade.

No estado em que a educação portuguesa está onde o aluno foi totalmente desresponsabilizado e a educação é mero apanágio de sucessivos governos penso que se tem de tomar a iniciativa individual. Num país onde Bolonha é uma comédia com um final que se avizinha trágico, com uma esmagadora maioria de professores, como há em Portugal, que só querem ver os alunos a decorar, ainda que haja alguns de elevado valor e para esses os meu sentido dever de saudar e pedir que prossigam na sua visão de incentivar os alunos.

Diga-se que é geracional que é falta de meios. Eu digo que é falta de ambição! A revolução francesa deixou-nos demasiado iguais… Como somos iguais ninguém quer mais. Perdão! Quer-se mais mas sem esforço ou derrotas. Pois temos ter uma ma noticia – isso não existe. E as pessoas em Portugal têm de acordar para essa realidade.

Face a um panorama que considero medonho não posso permanecer inerte. Espero não ser mal interpretado mas o que digo não é para ofender ninguém mas para exortar as pessoas a querem ser mais, ir mais longe, não de boca mas em actos… Até a sonhar alto muito alto… Em Portugal houve tempos em que homens iam além mar em busca de riqueza e gloria a maioria ficava no nevoeiro mas alguns vinham de lá com ela! É a isso que eu crítico ao esquecimento do “Portuguese dream”.

p.s retirei o meu texto anterior pelo facto de querer corrigir uma questão que considerei importante.

Manuel Porfírio disse...

Bem, eu compreendo-te Duarte e fiquei com um peso na consciência por não participar mais no blog depois de ter lido o teu texto. Vou tentar ser mais activo, mas só peço uma coisa: comentem mais os comentários. Haja discussão entre os bloggers. Isto dos blogs às vezes pode-se tornar numa conversa de surdos.

Abraço

Miguel Bleck disse...

Eu Infelizmente sou forçado a partilhar da opinão do Duarte, apesar de ser um dos que de facto pouco contribui para o Blog. Mas no fundo não participo mais por razões muito simples e pessoais. Antes de mais nada sou português e como não podia deixar de ser a preguiça e a complacencia correm-me no sangue. Segundo porque não gosto de encher os Blogs de palha ou coisas que vou encontrando por aqui e por ali com um interesse de debate talvez um pouco dúbio - mas é claro que a relevancia varia, claro esta, de pessoa para pessoa. Sempre fui uma pessoa que prefer observar o que se passa em meu redor e aprender com as opiniões dos outros do que própriamente dito expor a minha... Realmente só costumo contribuir para um debate quando acho que tenho um elemento novo a introduzir, um terceiro ponto de vista por assim dizer. DE qualquer modo farei um esforço para tentar contribuir mais activamente para o blog ao invés de permanecer um leitor passivo.