quarta-feira, janeiro 04, 2006

Mania da perseguição

Agora que o dia das eleições se aproxima e as sondagens parecem não ser favoráveis, o Avô Soares resolve apontar baterias à Comunicação Social.
O que o desespero faz a um homem sem argumentos para dar a volta a uma vida plena de erros.

4 comentários:

Rui Estêvão Alexandre disse...

Olha que não Bernardo, olha que não!! A Europa foi um erro? O ter dado início ao processo de privatizações foi um erro? O ter aguentado os tristes, enfadonhos e miseráveis últimos tempos de Cavaco em São Bento foi um erro?

D.Noivo disse...

Acho que já percebemos em quem vota o Rui.

A descolonização, não foi um erro?
A constante procura de confusão nos seus dois mandatos, não foi um erro?
O esforço permanente para se incompatibilizar com Cavaco, criando instabilidade no país, não foi um erro?
A utilização de erário público para dar não-sei-quantas voltas ao mundo, não foi um erro?
As intervenções “oportunas” no processo Casa Pia, não foram um erro?
A palhaçada que encenou aquando da Guerra no Iraque, não foi um erro?
Usar a Comunicação Social quando lhe convém e depois criticá-la, não é um erro?

Só escrevo isto, para não entrarmos em matéria mais polémica…PREC…diamantes…Angola, e tal…

Utilizador rejeitado disse...

Calma Diogo... Todos sabemos que o Rui é mais socialista que o PS, mas agora fizeste-me lembrar este post do JMM:

"Mário Soares já explicou ao país porque condecorou os PIDES?
A Jamba, Jonas Savimbi, os diamantes e o marfim não lhe dizem nada?
Quem foi salvar o filho de Mário Soares?
O que levava a avioneta?
Eram rosas! "

José Maria Martins in Blogue

D.Noivo disse...

Olha, afinal o advogado do Bibi (e do Saddam - história também com muita graça!) não é completamente estupido!